Conheça o Poder do Abacaxi para uma Vida Saudável

0
525
views
É conhecido como ananás nas línguas indígenas.

Historicamente, o Havaí é o maior produtor mundial de abacaxi, fornecendo principalmente para os Estados Unidos. Hoje as Filipinas, o Brasil e a Costa Rica também são grandes produtores. O ananás nas línguas indígenas, também conhecido como abacaxi é uma fruta originária do Brasil e Paraguai, e foi levado para a Europa em 1493, com a descoberta da América pelos espanhóis. Nos séculos XV e XVI o abacaxi se espalhou pelo mundo todo levado pelos marinheiros europeus. A fruta era extremamente útil na prevenção do escorbuto em alto mar, uma doença bastante grave causada pela falta de vitamina C.

  • Leia Também

Conheça os Benefícios do Abacate

Dieta Low Carb, Alimentos Permitidos e Benefícios

Temperos Naturais: mais Sabor, Aprenda a usar.

O abacaxi é uma espécie da família das bromélias, umas das únicas dessa classe a produzir frutos comestíveis. A fruta é composta da união de muitos pequenos frutilhos fundidos em torno do núcleo central. A sua polpa é amarela ou esbranquiçada, muito suculenta e carnuda com a haste que serve como apoio fibroso central, aquela parte do abacaxi que algumas pessoas não comem.

A casca externa é dura, áspera e escamosa, podendo ser verde, amarela, laranja ou amarelo avermelhada. Há ainda a coroa de folhas duras e espinhos. Daí entende-se a provável origem da expressão popular “descascar abacaxi”, que significa resolver algum problema difícil.

Benefícios

  • Por conter celulose, ajuda no bom funcionamento intestinal.
  • Acelera a cicatrização dos tecidos.
  • Diminui a pressão arterial.
  • Auxilia no tratamento de pedras nos rins.
  • Combate viroses.
  • Combate anemias.
  • Auxilia no problema da retenção de líquidos.
  • Ajuda a perder peso.
  • Além de ótimo purificador do sangue, é diurético e ajuda a digestão.

Alguns cuidados

Apesar de todos os aspectos positivos do consumo de abacaxi citados até aqui, alguns cuidados devem ser explicados. Veja a seguir:

  • Devido à ação enzimática da bromelina e à acidez do abacaxi, ele pode causar sensibilidade na boca se consumido em grandes quantidades, mas essa reação melhora em algumas horas.
  • Quantidades excessivas de bromelina podem também causar erupções cutâneas, vômitos, diarreia e excessivo sangramento menstrual. Nesse caso deve-se procurar um serviço de saúde imediatamente. O consumo em quantidades moderadas não irá causar este problema.
  • A bromelina também pode interagir com alguns medicamentos, portanto pacientes fazendo uso de antidepressivos tricíclicos, barbitúricos, anticonvulsivantes, anticoagulantes e antibióticos devem evitar comer muito abacaxi.
  • O abacaxi verde (antes de amadurecer) é perigoso, sendo tóxico para os seres humanos e causando vômito e diarreia severos.
  • Devido à sua acidez, pessoas com tendência a desenvolver aftas, com estomatite ou outros ferimentos na boca devem evitar o consumo de abacaxi.
Isabela Matos, Nutricionista e Especialista em Nutrição Clínica Funcional e Fitoterapia. Acredita que a alimentação ideal não é medida por calorias, e sim por nutrientes, comer bem pode e deve ser um prazer!
Compartilhe
Loading Facebook Comments ...

Deixe uma resposta