Mulungu | Conheça a Planta Capaz de lhe Trazer Tranquilidade

0
1885
views
Pode ser comprado em lojas de produtos naturais sob a forma de planta ou tintura.

Conhecida como canivete, bico-de-papagaio e corticeira o mulungu é uma planta medicinal muito eficaz no tratamento de problemas psicológicos relacionados com o estresse, deixando o indivíduo mais tranquilo para desempenhar as tarefas diárias.

O seu nome científico é Erythrina mulungu e pode ser comprado em lojas de produtos naturais sob a forma de planta ou tintura.

  • Leia Também

Como fazer 5 Chás para Combater a Ansiedade?!

Espinheira Santa, veja os Benefícios desse “Santo Remédio”.

Insônia | Saiba o que Comer Quando o Sono não Vem

No Brasil há 6 espécies de mulungu, uma em cada um dos biomas (só não ocorre mulungu nos Pampas gaúchos). Seu uso medicinal é reconhecido para duas espécies, pelo menos.

Mulungu é sempre uma Erythrina “qualquer coisa”:

  • Erythrina amazonica, no bioma Amazônico;
  • Erythrina velutina, que predomina na Caatinga;
  • Erythrina xinguensis, no Cerrado;
  • Erythrina verna (ou E. mulungu, como é mais conhecida), na Mata Atlântica;
  • Erythrina similis, no Pantanal.
  • Ainda temos a Erythrina fusca (Açacurana), que ocorre, meio que, por todo lado.

Indicações do Mulungu

O mulungu serve para ajudar no tratamento de estados emocionais como histeria,insônia, neurose, ansiedade, agitação, depressão, ataque de pânico, compulsão, distúrbio de sono; e de doenças como hepatite, esclerose, pressão alta, cistite, epilepsia, insuficiência urinária, gengivite ou bronquite asmática.

Propriedades do Mulungu

As propriedades do mulungu incluem a sua ação calmante, antiasmática, analgésica, diurética, expectorante, hipnótica, hipotensiva, narcótica, sedativa, tranquilizante, antidepressiva, hepatoprotetora, hipotensiva, antibacteriana, antiespasmódica, tônica e anti-inflamatória.

Modo de uso do Mulungu

A parte usada do mulungu é sua casca que pode ser comprada na forma natural ou em pó.

  • Infusão de mulungu: adicionar 4g das cascas de mulungu a uma xícara de água fervente. Deixar ferver por 15 minutos e tomar o chá ainda morno, de preferência 3 vezes ao dia. Evitar tomar por mais de três dias seguidos.

As sementes desta planta não devem ser usadas, uma vez que possuem alcalóides tóxicos que podem colocar a vida em risco.

Efeitos colaterais do Mulungu

Mas, o mais recomendado é que você procure um fitoterapeuta que tenha profundo conhecimento do uso desta planta pois, uma das principais, e mais perigosas ações do mulungu (rico em erythrinina) é paralisar a musculatura – é com esse efeito, bem dosado, que essa planta trata pressão alta, taquicardia, agitação, nervosismo.

Sempre fique atenta as informações antes de consumir, todo alimento.

⇒Saiba mais sobre saúde e dietas aqui⇐

Isabela Matos, Nutricionista e Especialista em Nutrição Clínica Funcional e Fitoterapia. Acredita que a alimentação ideal não é medida por calorias, e sim por nutrientes, comer bem pode e deve ser um prazer!
Compartilhe

Deixe uma resposta